Mais Beiras Informação

Diretor: Paulo Menano

CONTESTAÇÃO ÀS PORTAGENS NAS EX-SCUT, GANHA NOVAS ADESÕES

A Plataforma pela Reposição das Scut´s na A23 e A25, acaba de receber um importante
apoio. Da reunião plenária da ANTP – Associação Nacional das Transportadoras Portuguesas,
realizada no passado dia 9 de junho, na Batalha, onde estiveram presentes perto de três
centenas de empresas transportadoras, resultou o apoio daquela Associação, à Plataforma
pela Reposição das Scut´s na A23 e A25.

A Plataforma que participou nesta reunião, com a presença de Luis Veiga e José Gameiro,
propôs-se também, apoiar aquela Associação de Transportadores, nos pontos de convergência
das respetivas iniciativas de cada uma das estruturas organizativas.
Desta forma, a Plataforma pela Reposição das Scut´s, contará já com a participação da ANTP,
nas três iniciativas de MARCHA LENTA que serão levadas a efeito, nos próximos dias 14, 22 e
25 deste mês de Junho, na Covilhã, Castelo Branco e Fundão, respetivamente.

É notório o descontentamento geral, pelo peso das portagens, na economia das empresas,
bem como das pessoas, das regiões mais desfavorecidas.
O tecido empresarial das regiões do interior, composto maioritariamente, por microempresas
e PME´s, não suporta este imposto indireto sobre o que é importação de matéria prima e de
exportação de produto acabado, bem como os custos de distribuição regional dos bens de
primeira necessidade, para além dos custos que esta situação representa, para quem
diariamente tem que usar as ex-Scut´s, para trabalhar.

Note-se que este não é o espírito que esteve na origem da decisão de construção destas
infraestruturas rodoviárias, financiadas pela UE e dirigidas à redução das assimetrias, por via
da promoção do desenvolvimento das regiões mais frágeis e do despovoamento a que vimos
assistindo, nas últimas três décadas, com forte incremento desde há dez anos a esta parte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *