Mais Beiras Informação

Diretor: Paulo Menano

Exposição de Pintura em Fornos de Algodres

Está patente, até ao dia 29 de outubro, na Biblioteca Municipal Maria Teresa Maia Gonzalez, uma Exposição de Pintura de Rui Ferreira.

 

Biografia de Rui Ferreira

Desde os 11 ou 12 anos de idade que Rui Ferreira demonstra ter mais aptitudes para as artes e idiomas do que para qualquer outra área.

Desde desenhar pequenos automóveis, quando criança; até chegar a 2007, não houve grande evolução em termos artísticos a não ser em Música. Bandas de garagem. A partir de 2007, começa a pintar com paixão e a imaginar outros lugares e outros mundos.

Dado o facto de ser auto-didacta e não ter dinheiro para aulas e aprendizagem em Belas Artes, segue o seu rumo individualmente e a sua evolução técnica em pintura lentamente. Influenciando-se apenas no que vê, ouve, cheira e sente, pinta paisagens, imaginações, ideias e situações da vida. Rui Ferreira, aos 42 anos de idade, depois de ter vivido na Rinchoa e depois em Mafra, passa a morar na Muxagata, próximo de Fornos de Algodres.

A sua pintura até agora teve principalmente a importância e característica em relação à cor e ao movimento no resultado final.
O tema ou os temas específicos de cada pintura nunca foram concretos. Isso acontece porque o autor apesar de ter uma ideia concreta para cada pintura, não tem outra hipótese para além de pintar cada tela como uma individual “peça de um puzzle” em que cada uma se encaixa e faz parte para o todo.

É por esse motivo que cada tela (pintura) individualmente tem a sua importância e significado mas parece não ter “princípio nem fim”, parece não estar concluída (…) Por ser apenas mais uma “peça de um puzzle”.