Mais Beiras Informação

Diretor: Paulo Menano

CIM Viseu Dão Lafões ativa Equipas Móveis de Cadastro BUPi

Esta terça-feira, dia 25 de janeiro, a Comunidade Intermunicipal (CIM) Viseu Dão Lafões promoveu a cerimónia de Ativação das Equipas Móveis de Cadastro e de Entrega de Viaturas e de Equipamentos do Projeto Balcão Único do Prédio (BUPi).

 

Este evento que decorreu no Auditório da Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Viseu, contou com as intervenções do Presidente da CIM Viseu Dão Lafões, Fernando Ruas, e da Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Isabel Damasceno.

 

Além da entrega de viaturas (uma por equipa) e do equipamento de trabalho às 18 equipas móveis de cadastro, nesta sessão, foi, ainda, realizado um ponto de situação do Projeto BUPi, pelo Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho.

 

Assim, à estrutura de balcões de atendimento especializados BUPi, já em operação desde junho de 2021 nos 14 municípios que constituem a CIM Viseu Dão Lafões, são agora adicionados 18 balcões de atendimento itinerante, associados a 18 equipas móveis de cadastro, constituídas por 2 técnicos habilitados, que, freguesia a freguesia, percorrerão todo o território, garantindo o acesso de todos ao registo de propriedades.

 

Para o Presidente da CIM Viseu Dão Lafões, Fernando Ruas, “Este projeto vai-nos permitir ter uma ideia real do que são as comunidades que constituem estes catorze municípios. Quero desejar aos envolvidos que tenham êxito nesta tarefa que hoje iniciamos, pois a única forma de cuidar do território é conhece-lo ”.

 

Segundo a Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro, Isabel Damasceno, “Há anos que se ouve falar da necessidade imperiosa dos nossos territórios terem um cadastro, na medida em que não há boas intervenções sem se conhecer o território. Em relação a este projeto, quero assinalar, o cuidado que a CIM Viseu Dão Lafões tem tido em prestar contas, nas diferentes fases do desenvolvimento deste projeto, não só a nós, financiadores, mas também ao público em geral”.

 

Para o Secretário Executivo da CIM Viseu Dão Lafões, Nuno Martinho, “Com a operacionalização das equipas móveis de cadastro, este projeto vai entrar em velocidade cruzeiro e vamos assistir a um aumento gradual no número de matrizes inscritas. Sabemos que, ainda, temos um longo trabalho pela frente, para aprofundar o nosso conhecimento sobre os limites do nosso território, mas estamos empenhados em cumprir os objetivos a que nos propusemos no inicio desta da candidatura”.

 

Recorde-se que, esta iniciativa resulta de uma candidatura, apresentada pela CIM Viseu Dão Lafões, ao Programa Operacional Centro 2020, com vista à implementação de um Sistema de Informação Cadastral Simplificado na Região Viseu Dão Lafões, num investimento global superior a 2,3 milhões de euros.