Mais Beiras Informação

Diretor: Paulo Menano

Guarda-redes Marchesín e Niasse titulares em FC Porto e Tondela

Os guarda-redes Marchesín e Babacar Niasse são as únicas novidades nos ‘onzes’ iniciais de FC Porto e Tondela, respetivamente, para a final de hoje da Taça de Portugal de futebol, embora fossem alterações já esperadas.

Habituais escolhas para a Taça de Portugal, apesar de, ao longo da época, terem sido suplentes de Diogo Costa e de Pedro Trigueira na I Liga, o argentino e o mauritano acabam por completar toda a ‘prova-rainha’, merecendo a confiança dos dois técnicos.

Do lado dos ‘dragões’, Mbemba e Pepe constituem a dupla de centrais, enquanto João Mário e Zaidu são os laterais. No ‘miolo’ – com Uribe no banco, ainda não a 100% após lesão -, estão Grujic e Vítor Ferreira, com Otávio e Pepê nas alas, ao passo que Taremi e Evanilson fazem a habitual frente de ataque dos recém-campeões nacionais da I Liga.

No banco, Sérgio Conceição tem o guarda-redes Diogo Costa, o defesa Fábio Cardoso, os médios Uribe e Fábio Vieira e os avançados Francisco Conceição, Galeno e Toni Martínez.

Já o Tondela apresenta-se num esquema tático em ‘3-4-3’, com Sagnan, Marcelo Alves e Eduardo Quaresma à frente de Niasse, enquanto Tiago Almeida e Neto Borges fazem as alas. Pedro Augusto e Iker Undabarrena são os médios titulares, com o trio atacante Salvador Agra, Rafael Barbosa e Daniel dos Anjos a ‘fechar’ a equipa de Nuno Campos.

Pedro Trigueira, Bebeto, Ricardo Alves, João Pedro, Tiago Dantas, Boselli e Dadashov são os sete futebolistas presentes no banco de suplentes dos beirões, que jogam pela primeira vez uma final da Taça de Portugal, numa época em que desceram de divisão.

A final da 82.ª Taça de Portugal, entre FC Porto e Tondela, realiza-se hoje, em jogo com início às 17:15, e será arbitrada por Rui Costa, da Associação de Futebol do Porto, que também fará a estreia no Jamor, aos 45 anos.

Fonte: Lusa